Olhe para qualquer droga neste blog

Carregando...

SULPAN

Composição - SULPAN
cada cápsula contém: 25 mg de sulpirida e 1 mgde bromazepam.


Posologia e Administração - SULPAN
as doses devem ser adaptadas à cada paciente conforme sua resposta à terapêutica, dependendo, pois, do critério do médico. A dose terapêutica usual é de 3 a 4 cápsulas diárias, podendo atingir 6 cápsulas em casos severos. As doses de manutenção situam- se em 1 a 2 cápsulas.


Precauções - SULPAN
nos pacientes idosos e debilitados, a posologia deve ser reduzida. Como sonolência pode ocorrer, principalmente no início do tratamento, os pacientes devem ser alertados para evitar a tomada do produto em períodos próximos a realização de tarefas como condução de veículos ou operação de máquinas perigosas, até o desenvolvimento de tolerância ao efeito sedativo. A administração de Sulpan simultaneamente com outras drogas de ação central como neurolépticos, tranqüilizantes, antidepressivos, hipnóticos, analgésicos1 e anestésicos pode resultar em uma intensificação dos seus efeitos.


Reações adversas - SULPAN
os efeitos colaterais mais frequentes são: sonolência e astenia2. Segundo os dados obtidos em pesquisas clínicas, a tolerabilidade é boa em cerca de 90% dos pacientes. Devido à presença da sulpirida, podem ocorrer em pacientes mais susceptíveis casos de amenorréia3 e galactorréia4, mesmo em doses terapêuticas, que desaparecem com a diminuição da dosagem ou suspensão do tratamento. Como acontece com medicamentos desta natureza, o tratamento prolongado com altas doses em indivíduos predispostos pode causar dependência.


Contra-Indicações - SULPAN
pacientes portadores de miastenia5 grave, com suspeita de feocromocitoma6 ou com conhecida hipersensibilidade aos componentes da fórmula. O emprego do produto deve ser evitado durante a gravidez7 e lactação8.


Indicações - SULPAN
todos os processos em que coexistem ansiedade, tensão, excitação, insônia, tristeza, depressão e inibição psicomotora. É particularmente útil nas manifestações psicossomáticas: gastrintestinais, cardiológicas (inclusive neurose9 cardíaca), reumatológicas, geniturinárias, náuseas10, cefaléia11 de tensão, asma12, etc. Depressões reativas, neuroses, alcoolismo, labilidade emocional e afetiva, e psicopatologia geriátrica são condições que respondem bem à terapêutica com Sulpan.


Apresentação - SULPAN
caixas com 20 cápsulas.





SULPAN - Laboratório

Nenhum comentário:

Postar um comentário