ATENORIC

Composição - ATENORIC
cada comprimido contém: atenolol 100 mg;clortalidona 25 mg; excipientes: celulose microcristalina, glicolato amido sódico, polivinilpirrolidona e estearato de magnésio.


Posologia e Administração - ATENORIC
adultos: 1 comprimido ao dia. Obs. outras doses podem ser ajustadas a critério médico. Superdosagem: no caso de bradicardia1 excessiva, esta deve ser controlada com 1 a 2 mg de atropina por via intravenosa e se necessário uma dose de bolus2 de 10 mg de glucagon3 por via intravenosa. Esse procedimento pode ser repetido ou seguindo uma infusão intravenosa de 1- 10 mg/hora de glucagon3, dependendo da resposta obtida. Pode-se ainda administrar um estimulante beta-adrenérgico, como a dobutamina (2,5 mcg a 10mcg/min, JV) ou isoprenalina (10 a 25 mcg, velocidade de infusão não superior a 5 mcg/min). A hipotensão4 pode ser controlada com dobutamina. A diurese5 excessiva deve ser controlada através da manutenção de equilíbrio hidroeletrolítico.


Precauções - ATENORIC
cuidados especiais devem ser tomados em pacientes com insuficiência cardíaca6 manifesta. Evitar o uso deste medicamento na insuficiência cardíaca6 manifesta. Os betabloqueadores reduzem a freqüência cardíaca. Nos casos raros em que os sintomas7 possam ser atribuíveis à baixa freqüência cardíaca, a dose deve ser reduzida. O produto modifica a taquicardia8 da hipoglicemia9. O produto deve ser usado com cuidado em pacientes com doença crônica obstruída das vias respiratórias. O tratamento não deve ser descontinuado abruptamente em pacientes mais idosos, naqueles que estejam recebendo preparações digitálicas para insuficiência cardíaca6, pacientes com dieta especial (baixo teor de potássio) ou que apresentam distúrbios gastrintestinais. Os diuréticos10 podem causar hiperuricemia. Neste caso, o uso concomitante de agente uricosúrico reverterá este processo. Deve- se tomar cuidado em pacientes com insuficiência renal11 grave. Deve-se tomar cuidado ao se administrar o produto a pacientes com conhecida predisposição a diabetes12. O uso prolongado deste produto pode agravar os distúrbios de circulação13 periférica. O uso deste medicamento interfere na resposta das doses usuais de adrenalina, em pacientes com história de reação anafilática14 contra vários alérgenos. Interações medicamentosas: não deve ser prescrito juntamente com drogas antiarrítmicas classe 1, como a disopiramida, verapamil e diltiazem. A depleção de potássio pode ser perigosa em pacientes que estejam em tratamento com digitálicos. O anestesista deve ser informado sobre o uso deste medicamento, a fim de optar por um agente com a menor atividade inotrópica. Se administrado concomitantemente com clonidina, o atenolol e clortalidona devem ser suspensos alguns dias antes da suspensão da clonidina, para evitar hipotensão4 rebote causada pelos betabloqueadores.


Reações adversas - ATENORIC
o uso de Atenoric pode provocar: extremidades frias, fadiga, distúrbios gastrintestinais, bradicardia1, náuseas15, tonturas16, trombocitopenia17 e leucopenia18. Ocasionalmente podem ocorrer: dores de cabeça, alterações de humor, vertigens19 e piora da insuficiência cardíaca6. Raramente foram relatados distúrbios no sono, alopecia, púrpura, trombocitopenia17, reações cutâneas e/ou olhos secos.


Contra-Indicações - ATENORIC
pacientes com choque20 cardiogênico, bloqueio de 2º e 3º grau e hipersensibilidade conhecida ao atenolol e/ou clortalidona ou a qualquer dos componentes da fórmula.


Indicações - ATENORIC
controle de hipertensão21.


Apresentação - ATENORIC
caixa com 28 comprimidos.





ATENORIC - Laboratório

NEO QUIMICA

Nenhum comentário:

Postar um comentário