Olhe para qualquer droga neste blog

Carregando...

DICLOFENACO DE POTÁSSIO

Composição - DICLOFENACO DE POTÁSSIO
drágeas1 com 50 mg de diclofenaco potássico.


Posologia e Administração - DICLOFENACO DE POTÁSSIO
adultos: como regra a dose inicial diária é de 100 a 150 mg. Em casos mais leves, bem como para crianças acima de 14 anos de idade, 75 a 100 mg são em geral suficientes. A dose diária prescrita deve ser fracionada em 2 a 3 tomadas. No tratamento de dismenorréia2 primária, a dose diária, que deve ser individualmente adaptada, é geralmente de 50 a 150 mg. Inicialmente, a dose de 50 a 100 mg deve ser administrada e se necessário, elevada no decorrer de vários ciclos menstruais até o máximo de 200 mg/dia. O tratamento deve ser iniciado aos primeiros sintomas3 e, dependendo da sintomatologia, pode continuar por alguns dias. As drágeas1 devem ser tomadas inteiras com líquidos, de preferência antes das refeições. Crianças com um ano ou mais devem receber a dose diária de 0,5 a 2 mg por kg de peso corporal diariamente em 2 a 3 tomadas dependendo da gravidade da afecção.


Contra-Indicações - DICLOFENACO DE POTÁSSIO
úlcera péptica4. Hipersensibilidade à substância ativa. Como outros agentes antiinflamatórios não esteróides Probenxil também é contra- indicado em pacientes nos quais as crises de asma5, urticária6 ou rinite7 aguda são precipitadas pelo ácido acetilsalicílico ou por outras drogas com atividade inibidora da prostaglandina-sintetase. - Gravidez8 e lactação9: não é recomentado o uso de Probenxil durante a gravidez8. O médico deve avaliar o benefício contra o potencial risco para o feto, nos casos de estrita indicação. Essa orientação aplica-se particularmente aos três últimos meses de gestação (pela possibilidade de ocorrer inércia uterina e/ou fechamento prematuro do canal arterial). Após dose oral de 50 mg administrada a cada 8 horas, a substância ativa passa para o leite materno, todavia, em baixas concentrações.


Indicações - DICLOFENACO DE POTÁSSIO
tratamento a curto prazo das seguintes condições agudas: estados dolorosos e inflamatórios pós- traumáticos; dor e inflamação10 no pós-operatório, em especial após cirurgias ortopédicas e odontológicas; dismenorréia2 primária; síndromes dolorosas agudas da coluna vertebral11; como adjuvante no tratamento de processos infecciosos severos acompanhados de dor nas faringoamigdalites e otites12. Respeitados os princípios terapêuticos gerais de que a doença de base deve ser adequadamente tratada. A febre13 isoladamente não é uma indicação.


Apresentação - DICLOFENACO DE POTÁSSIO
caixas de 10 drágeas1 de 50 mg.





DICLOFENACO DE POTÁSSIO - Laboratório

Nenhum comentário:

Postar um comentário