Olhe para qualquer droga neste blog

Carregando...

DRAMIN B6

Dramin B6
dimenidrinato, cloridrato de piridoxina


USO ADULTO E PEDIÁTRICO



Apresentações e composições - DRAMIN® B6
:

Comprimidos Revestidos - Embalagens com 20 e 30 unidades, cada comprimido contendo 50 mg de dimenidrinato e 10 mg de cloridrato de piridoxina. Solução Oral - (Gotas Pediátricas) - Frascos com 20 ml e 30 ml com autogotejador, cada ml (20 gotas) de solução oral contém 25 mg de dimenidrinato e 5 mg de cloridrato de piridoxina.



Indicações: - DRAMIN® B6

Nas náuseas1 e vômitos2 em geral, inclusive da gravidez3. Na profilaxia e tratamento das cinetoses4 e suas manifestações (enjôos causados por viagens marítimas, terrestres e aéreas). Na profilaxia e no tratamento dos distúrbios vestibulares. Nos distúrbios observados pós- tratamentos radioterápicos intensivos. Na profilaxia e tratamento das náuseas1 e vômitos2 pré e pós-operatórios. No tratamento das labirintites5 e dos estados vertiginosos de origem central.



Contra-indicações - DRAMIN® B6

Recém- nascidos (até 30 dias de vida) e pacientes com hipersensibilidade conhecida aos componentes da fórmula.


Precauções e advertências: - DRAMIN® B6

Como o produto pode causar sonolência, recomenda- se cuidado no manejo de automóveis e máquinas pesadas. Recomenda-se não utilizar o produto quando da ingestão de álcool, sedativos e tranqüilizantes. Cuidados devem ser observados em pacientes asmáticos, com glaucoma6, enfisema7, doença pulmonar crônica, dificuldades em respirar e dificuldades em urinar. Pertencendo ao grupo dos anti-histamínicos, Dramin® B6 pode ocasionar, tanto em adultos como em crianças, uma diminuição na acuidade mental e, particularmente em crianças pequenas, excitação. A solução injetável deve ser administrada exclusivamente por via intramuscular.



Interações medicamentosas: - DRAMIN® B6

Potencialização das drogas depressoras do Sistema Nervoso8 Central. Evitar o uso concomitante de inibidores da monoamino oxidase (MAO), sedativos e tranqüilizantes. Evitar o uso com medicamentos ototóxicos, pois Dramin® B6 poderá mascarar os sintomas9 de ototoxicidade10.


Reações adversas: - DRAMIN® B6

Os efeitos secundários são em geral leves e incluem sonolência, sedação e até mesmo sono, variando sua incidência11 e intensidade de paciente a paciente, mas raramente requerendo a suspensão da medicação. Podem ocorrer tonturas12, turvação visual, insônia, nervosismo, secura da boca, da garganta, das vias respiratórias e retenção urinária13. Pode- se tornar necessário, às vezes, a redução da posologia.


Posologia - DRAMIN® B6

Comprimidos Revestidos: Adultos e adolescentes acima de 12 anos: 1 a 2 comprimidos (50 a 100 mg de dimenidrinato), a cada 4 horas, não excedendo 8 comprimidos (400 mg de dimenidrinato) nas 24 horas. Crianças menores de 12 anos: Recomenda- se administrar Dramin® solução oral (gotas).

Solução Oral (Gotas): Adultos, Adolescentes e Crianças a partir de 2 anos de idade: 1 gota14/ kg de peso corporal (equivalente a 1,25 mg de dimenidrinato/kg), a cada 6 ou 8 horas ou a critério médico, não excedendo a dose máxima diária, conforme descrito a seguir: Crianças de 2 a 6 anos: 10 a 20 gotas (12,5 a 25 mg) a cada 6 a 8 horas, não excedendo 60 gotas (75 mg) em 24 horas; Crianças de 6 a 12 anos: 20 a 40 gotas (25 a 50 mg) a cada 6 a 8 horas, não excedendo 120 gotas (150 mg) em 24 horas; Adolescentes acima de 12 anos e adultos: 40 a 80 gotas (50 a 100 mg) a cada 4 a 6 horas, não excedendo 320 gotas (400 mg) em 24 horas. Não administre medicamentos diretamente na boca das crianças, utilize uma colher para pingar as gotinhas. Em caso de viagens, usar a medicação (de preferência em comprimidos ou gotas), de maneira preventiva, com pelo menos 1/2 hora de antecedência.

MEDICAMENTO SOB PRESCRIÇÃO.

DRAMIN® B6 É UM MEDICAMENTO. DURANTE SEU USO, NÃO DIRIJA VEÍCULOS OU OPERE MÁQUINAS, POIS SUA AGILIDADE E ATENÇÃO PODEM ESTAR PREJUDICADAS.

MS - 1.0639.0151
MS - 1.0639.0242



Ampliar




DRB6_NSPC_1109



DRAMIN B6 - Laboratório

Nenhum comentário:

Postar um comentário