DUOFILM

Composição - DUOFILM
cada 100 g contém ácido salicílico USP 16,50 g,ácido láctico USP 14,52 g, colódio flexível q.s.p. 100,00 g.


Posologia e Administração - DUOFILM
antes da aplicação do Duofilm, lavar a área afetada com água morna por 5 minutos, no mínimo, e secar cuidadosamente com toalha limpa. Lixar suavemente a superfície da verruga, com uma lixa fina de papelão ou pedra pome, de modo a retirar a camada superficial rugosa da verruga, evitando sangramento. Caso ocorra, interromper o tratamento por três dias. Aplicar quatro camadas do produto diretamente sobre a verruga, uma vez ao dia, evitando contato com a pele normal que circunda a verruga. A aplicação deve ser efetuada diariamente, de preferência à noite. Se a aplicação for feita pela manhã, recomenda- se proteger com um pequeno curativo adesivo. Normalmente, observam-se os primeiros resultados após 2 a 4 semanas da terapia, sendo que a cura total pode ser esperada após 6 a 12 semanas. Superdosagem e ingestão acidental: a ingestão acidental do produto pode produzir efeitos sistêmicos, tais como, vômito1, dor abdominal, aumento na freqüência respiratória, acidose2 e distúrbios mentais. Pode provocar erupções cutâneas em indivíduos sensíveis. As medidas mais imediatas visam livrar o organismo rapidamente do ácido salicílico. A administração do bicarbonato de sódio é rápida e eficaz caso possa ser produzida uma urina3 alcalina. O paciente deve ser prontamente hospitalizado e o médico responsável notificado. Topicamente, a superdosagem pode ocorrer, devido à aplicação do produto em grandes áreas da pele afetada por alguma dermatose4 ou pelo uso contínuo e indiscriminado, não controlado pelo médico. Nestes casos, deve-se interromper o uso do produto.


Precauções - DUOFILM
não foi estabelecida a segurança e eficácia deste produto em crianças, gestantes e mulheres no período de amamentação5. O ácido salicílico deve ser usado com cuidado em grandes áreas da pele, pois pode resultar em toxicidade sistêmica. Sua aplicação contínua e freqüente na pele pode causar dermatite6. Devido à sua ação queratolítica e irritante, Duofilm não deve entrar em contato com olhos, membranas mucosas e pele sã que circunda a verruga. Duofilm não deve ser aplicado em verrugas do rosto e dos órgãos genitais. - Interações medicamentosas: não foram constatadas até o momento, quaisquer interações medicamentosas associadas com o uso tópico7 de Duofilm.


Reações adversas - DUOFILM
o uso de Duofilm pode levar à irritação local, acompanhada de sensação de queimadura e de formação de crosta, que pode ser controlada pela suspensão temporária da terapia. Outras reações adversas, muito raras, incluem dermatite6, devido à aplicação contínua e freqüente na pele e toxicidade sistêmica aguda por salicilato, devido à aplicação de ácido salicílico em grandes áreas da pele, principalmente aquelas afetadas por alguma dermatose4.


Contra-Indicações - DUOFILM
pacientes diabéticos, com problemas circulatórios, com hipersensibilidade ao ácido salicílico, como também não deve ser aplicado sobre pintas, marcas de nascença e verrugas raras de onde nascem pêlos.


Indicações - DUOFILM
tratamento e remoção das verrugas comuns.


Apresentação - DUOFILM
frasco pet contendo 15 ml.





DUOFILM - Laboratório

Nenhum comentário:

Postar um comentário