Olhe para qualquer droga neste blog

Carregando...

INCONTINOL

Composição - INCONTINOL
cloridrato de oxibutinina.


Posologia e Administração - INCONTINOL
adultos: 2 a 3 comprimidos ao dia e no máximo 4 comprimidos ao dia. Crianças acima de 5 anos: 2 comprimidos ao dia.


Precauções - INCONTINOL
o produto pode enfraquecer a habilidade para realizar atividades que requeiram alerta mental e coordenação motora, como operar máquinas e dirigir veículos. O álcool e outras drogas sedativas podem aumentar a sonolência causada pela oxibutinina. Em ambientes de clima quente pode causar febre1, prostação e intermação (heat stroke) secundária à supressão da transpiração. A possibilidade de obstrução intestinal deve ser excluída antes de administrar- se o produto em pacientes com diarréia2, especialmente nos pacientes com ileostomia e colostomia3. Deve ser usado com cautela em pacientes geriátricos. Precauções pediátricas: ainda não foi estabelecida a segurança do uso do produto em crianças menores de 5 anos de idade. Gestação e fertilidade: estudos de reprodução em animais não têm revelado evidência de dano para o feto ou prejuízo para a fertilidade. A segurança de uso da oxitutinina durante a gestação não foi estabelecida, devendo ser usada apenas quando o benefício potencial for claramente superior aos possíveis riscos para o feto. Lactação4: ainda não é conhecido se a oxibutinina é eliminada pelo leite materno. O produto deve ser usado com cautela por mulheres lactantes5. - Superdosagem: produz distúrbios do SNC, como inquietação, tremores, irritabilidade, delírio6, alucinações, vertigem7, excitação ou comportamento psicótico. Os sintomas8 cardiovasculares incluem, flushing, taquicardia9, hipertensão10, hipotensão11 ou falência circulatória. Podem ocorrer febre1, náuseas12 e vômito13. A superdosagem severa pode causar paralisia14, falência respiratória e coma15.


Contra-Indicações - INCONTINOL
a oxibutinina é contra- indicada nos pacientes com aumento da pressão intra-ocular associado com glaucoma16 de ângulo fechado, miastenia17 gravis, obstrução completa ou parcial do trato gastrintestinal, íleo adinâmico, megacólon18, colite19 severa ou colite19 ulcerativa quando o megacólon18 tóxico estiver presente, em pacientes geriátricos ou debilitados com atonia intestinal, pacientes com uropatia obstrutiva ou hemorragia20 e instabilidade status cardiovascular. O produto é contra-indicado para pacientes com hipersensibilidade à droga ou aos outros componentes de sua formação.


Indicações - INCONTINOL
alívio dos sintomas8 associados com o esvaziamento vesical em pacientes com: bexiga21 neurogênica espástica, na micção imperiosa das mulheres, com ou sem perda de urina22, quando existe uma bexiga21 instável, excluindo- se as incontinências de esforço; na enurese23 exclusivamente quando o contexto clínico é determinado por uma imaturidade vesical (presença de transtornos urinários diurnos). O diagnóstico24 da bexiga21 neurogênica deve ser confirmado pela cistometria ou por outros procedimentos e diagnósticos apropriados, antes da terapia com oxibutinina ser iniciada. A oxibutinina possui efeito espamolítico potente sobre a fibra muscular lisa do tubo digestivo e do trato urinário, assim como propriedades anticolinérgicas moderadas. Numerosos ensaios clínicos e urodinâmicos foram realizados para a determinação da eficácia clínica da oxibutinina nas três indicações principais como instabilidade vesical, imaturidade vesical e bexiga21 neurogênica.


Apresentação - INCONTINOL
caixas contendo 2 blisters com 10 unidades de 5mg.





INCONTINOL - Laboratório

Nenhum comentário:

Postar um comentário