MINOTON

MINOTON
Aminofilina


Forma Farmacêutica e Apresentação - MINOTON
Comprimidos: Embalagem com frasco contendo 20 comprimidos de 100 mg e 200 mg.
Solução injetável: Embalagem com 100 ampolas de 10 ml.
USO ADULTO E PEDIÁTRICO

Composição - MINOTON

Cada comprimido de 100 mg contém:
Aminofilina ....................100 mg
Excipiente q.s.p. ....................1 comprimido
Cada comprimido de 200 mg contém:
Aminofilina ....................200 mg
Excipiente q.s.p. ....................1 comprimido
Cada ampola de 10 ml contém:
Aminofilina ....................240 mg
Água para injeção1, estéril e apirogênica q.s.p. ..................10 ml

INFORMAÇÕES AO PACIENTE - MINOTON®
• O produto deve ser mantido em local fresco e seco.• Ao adquirir um medicamento, verifique o prazo de validade na embalagem. O produto mantém sua estabilidade, desde que sejam observados os cuidados de conservação indicados. Não utilize
medicamentos após vencido o prazo de validade.
• Informe seu médico a ocorrência de gravidez2 na vigência do tratamento ou após o seu término. Informar ao médico se está amamentando.
• Siga a orientação do seu médico, respeitando sempre os horários, as doses e a duração do tratamento.
• Informe seu médico o aparecimento de reações desagradáveis com o uso do produto, tais como:
náuseas3, vômitos4, diarréia5, dor de cabeça, palpitações6.
• A dose a ser aplicada, o intervalo entre elas e a duração do tratamento devem ser avaliadas pelo médico.
• Não interromper o tratamento sem o conhecimento do seu médico.
• Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.
• Informe seu médico sobre qualquer medicamento que esteja usando, antes do início ou durante o
tratamento.
• NãO TOME REMÉDIO SEM O CONHECIMENTO DO SEU MÉDICO, PODE SER PERIGOSO
PARA A SUA SAÚDE.

INFORMAÇÕES TÉCNICAS - MINOTON®
Características - MINOTON®
A Aminofilina, ou seja, a Teofilina etilenodiamina, encontra- se amplamente indicada na patologia respiratória, circulatória e renal7.
Seu mecanismo de ação não está ainda totalmente esclarecido.
Age relaxando o músculo liso dos brônquios e dos vasos sangüíneos8 pulmonares, parece que por alteração da concentração dos íons cálcio no músculo liso, bloqueio dos receptores da adenosina e inibição da liberação de histamina e leucotrienos nos mastócitos.
Estimula o centro respiratório medular, talvez por aumentar a sensibilidade do mesmo às ações estimulantes do dióxido de carbono e aumentar a ventilação alveolar.
Tem outras ações tais como: vasodilatadora coronária, diurética e estimulação cardíaca, cerebral e do músculo esquelético.


Indicações - MINOTON®

A Aminofilina está indicada no tratamento e profilaxia da asma9- brônquica, aliviando a sensação de falta de ar e melhorando a função pulmonar. Previne a asma9 induzida pelo exercício físico.
Indicada também no tratamento da bronquite e do enfisema10 pulmonar.
Pode também ser empregada como antiespasmódico (cólicas11 biliares), estimulante cardíaco, diurético12 e como coadjuvante no tratamento da insuficiência cardíaca congestiva13 e no edema14 pulmonar.


Contra-indicações - MINOTON®
O produto não deve ser administrado a pacientes com úlcera péptica15 ativa, pois pode aumentar o volume e acidez das secreções gástricas.
Não deve ser usado com outras xantinas.


Precauções e Advertências - MINOTON®

Usar com precaução em pacientes com doença cardíaca grave, hipertireoidismo16, dano hepático, em idosos (especialmente homens) e em neonatos17.
Pode ocorrer reações cruzadas de sensibilidade entre xantinas.
Não se estabeleceu a segurança do uso da Aminofilina na gravidez2, desta forma não deve ser usada durante a gravidez2 e durante a lactação18, a menos que seja absolutamente necessário.
A anestesia19 pelo halotano na presença de Aminofilina pode causar taquicardia20 sinusal ou arritmias ventriculares.
ATENÇÃO: NÃO MISTURE MEDICAMENTOS DIFERENTES. A TROCA PODE SER FATAL.
CERTIFIQUE- SE QUE ESTÁ SENDO ADMINISTRADO O MEDICAMENTO PRESCRITO.
DEVE- SE TER EXTREMO CUIDADO PARA NÃO TROCAR AS AMPOLAS COM SOLUÇÕES DIFERENTES.


Interações medicamentosas - MINOTON®
Níveis séricos elevados de Teofilina podem ocorrer em pacientes tratados concomitantemente com aminofilina e cimetidina, troleandomicina, eritromicina, alopurinol ou contraceptivos orais. A adição de efedrina ou outras drogas simpatomiméticas à terapia com aminofilina aumenta o potencial de toxicidade e pode resultar em sintomas21 de superdosagem. Uso concomitante com fenobarbital, fenitoína ou rifampicina pode aumentar a depuração da teofilina, necessitando de um possível aumento na dose de aminofilina. Aminofilina pode antagonizar os efeitos do propanolol.


Reações adversas - MINOTON®

Podem ocorrer náuseas3, vômitos4, anorexia22, dispepsia23, diarréia5, palpitação24, taquicardia20, vertigem25, cefaléia26, distúrbios visuais, taquipnéia e coma27.


Posologia - MINOTON®
Comprimidos:
1 a 2 comprimidos de 100 mg ou 1 comprimido de 200 mg, 2 a 3 vezes por dia, de preferência depois das refeições com uma bebida quente.
Solução injetável:
1 a 2 ampolas por via endovenosa ou 1 a 2 ampolas por via intramuscular, 2 vezes por semana até 2 vezes ao dia.
A fim de se evitar reações indesejáveis, a aplicação endovenosa deve ser efetuada lentamente (3 a 5 minutos). A injeção intramuscular28 deve ser aplicada na região glútea, profundamente.


Superdosagem - MINOTON®

Descontinuar o uso do medicamento imediatamente em caso de superdosagem. Medicação emética e lavagem gástrica29 podem ser usadas. Monitorizar o paciente para evitar hipotensão30 e desidratação31.


Pacientes idosos - MINOTON®

O produto pode ser utilizado por pacientes com idade acima de 65 anos desde que se observe as precauções necessárias.
M.S. 1.0270.0001
Farm. Resp.: Dra. Eliana de Paula Dias Oriolo - CRF-SP 6704
Ariston Indústrias Químicas e Farmacêuticas Ltda.
Rua Adherbal Stresser, 84 - Jardim Arpoador
São Paulo - SP - CEP 05566-000
Serviço ao Consumidor Ariston: 0800- 55-6222
C.N.P.J. 61.391.769/0001- 72 - Indústria Brasileira
VENDA SOB PRESCRIÇÃO MÉDICA
Lote, fabricação e validade: vide embalagem



MINOTON - Laboratório

Nenhum comentário:

Postar um comentário