ANDRIODERMOL

ANDRIODERMOL
Ácido Undecilênico + Undecilenato de Zinco + Ácido Propiônico + Propionato de Sódio + Hexilresorcinol + Undecilenato de Sódio
Solução Tópica / Pó Tópico1


FORMAS FARMACÊUTICAS E APRESENTAÇÕES - ANDRIODERMOL
Solução tópica: frasco contendo 50mlPó tópico1: frasco contendo 50g.

USO PEDIÁTRICO E ADULTO


COMPOSIÇÃO - ANDRIODERMOL

Solução tópica
Cada ml da solução contém:
Ácido undecilênico 40 mg
Undecilenato de sódio 150 mg
Ácido propiônico 30 mg
Propionato de sódio 50 mg
Hexilresorcinol 0,5 mg
Veículo: álcool etílico, hidróxido de sódio, essência de citronela, essência de lavanda, nonoxinol 9, água purificada.
Pó Tópico1
Cada g do pó contém:
Ácido undecilênico 2 mg
Undecilenato de zinco 150 mg
Propionato de sódio 60 mg
Hexilresorcinol 0,5 mg
Excipientes: dióxido de silício coloidal, silicato de magnésio, essência de citronela, essência de lavanda.


INFORMAÇÕES AO PACIENTE - ANDRIODERMOL

AÇÃO ESPERADA DO MEDICAMENTO:O ANDRIODERMOL tem ação contra infecções micóticas superficiais de pele e unha.

CUIDADOS DE CONSERVAÇÃO:
Conserve o produto na embalagem original, em temperatura ambiente (15 a 30ºC), protegido da luz e da umidade.

PRAZO DE VALIDADE:
24 meses a partir da data de fabricação (vide cartucho). Não use medicamentos com o prazo de validade vencido.

GRAVIDEZ2 E LACTAÇÃO3:
Informe seu médico a ocorrência de gravidez2 na vigência do tratamento ou após o seu término. Informe ao médico se está amamentando.

CUIDADOS DE ADMINISTRAÇÃO:
Não deve ser usado próximo aos olhos e mucosas. O produto é somente para uso tópico1. Antes da aplicação do medicamento, a área afetada deve estar limpa e seca.
A medicação deve ser continuada por 2 semanas após os sintomas4 terem desaparecido. Siga orientação de seu médico, respeitando sempre os horários, as doses e a duração do tratamento.
Não interromper o tratamento sem o conhecimento do seu médico.

REAÇÕES ADVERSAS:
Informe seu médico o aparecimento de reações desagradáveis, como: irritação da pele ou qualquer outra reação de sensibilização da pele.
TODO MEDICAMENTO DEVE SER MANTIDO FORA DO ALCANCE DAS CRIANÇAS.

CONTRA- INDICAÇÕES E PRECAUÇÕES:
O produto não deve ser usado por pacientes com hipersensibilidade aos componentes da fórmula.
Informe seu médico sobre qualquer medicamento que esteja usando, antes do início, ou durante o tratamento.
NÃO TOME REMÉDIO SEM O CONHECIMENTO DO SEU MÉDICO. PODE SER PERIGOSO PARA SUA SAÚDE.


INFORMAÇÕES TÉCNICAS - ANDRIODERMOL

CARACTERÍSTICAS:
Ácido undecilênico e undecilenatos são alguns dos ácidos graxos mais recomendados na moderna terapêutica. Segundo observação de vários pesquisadores, são de grande eficácia entre os antimicóticos até hoje experimentados. Com propriedades fungicida, bacteriostática e bactericida, são ativos contra alguns fungos patogênicos, incluindo Epidermophyton, Trichophyton, Microsporum sp. O ácido propiônico e seus sais têm propriedades antifúngicas quando usados topicamente. O propionato de sódio tem ação fungistática, aliviando também o prurido5 e a irritação local.


INDICAÇÕES: - ANDRIODERMOL
Tratamento de infecções micóticas superficiais de pele e unha.


CONTRA-INDICAÇÕES: - ANDRIODERMOL

Hipersensibilidade conhecida a qualquer um dos componentes da fórmula.


PRECAUÇÕES E ADVERTÊNCIA: - ANDRIODERMOL
Gerais: Evitar o contato com os olhos e mucosas.
Interromper o uso se ocorrer sensibilização ou irritação da pele.
Gravidez2: Não há relatos de problemas específicos causados pelo uso de Andriodermol durante a gravidez2.
Amamentação6: Não se sabe se o Andriodermol é excretado no leite materno. Todavia, não existem relatos de problemas específicos durante a amamentação6.
Pediatria: Não existem estudos completos em relação aos efeitos causados nesta idade. No entanto, não há problemas específicos documentados.
O uso em crianças até 2 anos de idade não é recomendado, só em casos de extrema necessidade, sob supervisão médica.


INTERAÇÕES MEDICAMENTOSAS: - ANDRIODERMOL

Não são disponíveis dados sobre interações medicamentosas.


INTERFERÊNCIA EM EXAMES LABORATORIAIS: - ANDRIODERMOL
Como se trata de um produto tópico1, não há absorção sistêmica, portanto não interfere nos exames laboratoriais.


REAÇÕES ADVERSAS/COLATERAIS: - ANDRIODERMOL

Pode ocorrer irritação da pele no local da aplicação.


POSOLOGIA - ANDRIODERMOL
:

Exclusivamente para uso tópico1.Antes da aplicação do medicamento, a área afetada deve estar limpa e seca. Aplicar uma quantidade suficiente de Andriodermol para cobrir a área afetada, 2 vezes ao dia.
A medicação deve ser continuada por 2 semanas, após os sintomas4 terem desaparecido.


SUPERDOSAGEM: - ANDRIODERMOL

Em caso de ingestão acidental proceder imediatamente a lavagem gástrica7 e instituir medidas assistenciais necessárias.


PACIENTES IDOSOS: - ANDRIODERMOL

Não são conhecidas informações específicas sobre o uso do produto por pacientes idosos.




SIGA CORRETAMENTE O MODO DE USAR.
NÃO DESAPARECENDO OS SINTOMAS4,
PROCEURE ORIENTAÇÃO MÉDICA.



ANDRIODERMOL - Laboratório

Nenhum comentário:

Postar um comentário