ASMALERGIN

Asmalergin comprimido

Asmalergin xarope

Cetotifeno

Uso oral adulto e pediátrico


Formas farmacêuticas e apresentações - ASMALERGIN
Comprimido (sulcado): Embalagem contendo 20 comprimidos. Xarope: Embalagem contendo 1 frasco com 100 ml.


Composição - ASMALERGIN

Cada comprimido contém: Cetotifeno (sob a forma de fumarato ácido) 1 mg; Excipiente q.s.p. 1 comprimido. Cada 1 ml de xarope contém: Cetotifeno (sob a forma de fumarato ácido) 0,2 mg; Veículo q.s.p. 1 ml.


Indicações - ASMALERGIN
Tratamento preventivo da asma1 brônquica em todas as suas formas clínicas. Profilaxia e tratamento das rinites alérgicas. Tratamento preventivo das reações cutâneas alérgicas.


Contra-indicações - ASMALERGIN

Até o momento não houve destaque de nenhuma condição que justifique contra- indicação absoluta.


Precauções - ASMALERGIN

No inicio do tratamento, não suprimir bruscamente a administração de medicamentos antiasmáticos já em uso, principalmente corticosteróides e ACTH. O produto só deve ser administrado no período de gravidez2 ou aleitamento em caso de extrema necessidade. Não é recomendada a utilização do produto em crianças com menos da 5 meses de idade. Devido a uma possível diminuição nas reações do paciente no início do tratamento, é necessário cautela na condução de veículos, máquinas etc. Em pacientes suscetíveis à sedação, recomenda- se esquema posológico progressivo durante a primeira semana de tratamento, iniciando-se com meio comprimido (0,5 mg de cetotifeno ) ao dia.


Interações medicamentosas - ASMALERGIN

Potencialização das ações de sedativos hipnóticos, anti- histamínicos e bebidas alcoólicas. Observou-se queda reversível na contagem de plaquetas3 em alguns pacientes sob tratamento concomitante com cetotifeno e hipoglicemiantes orais4.


Nota - ASMALERGIN

A administração dos antiasmáticos, empregados nas crises de asma1, juntamente com cetotifeno não apresenta nenhum inconveniente. Nos casos de infecções inter- correntes, podem ser empregados os diferentes antibióticos, sem prejuízo do tratamento.


Reações adversas - ASMALERGIN

Normalmente ocorrem durante os primeiros dias, tendendo a desaparecer espontaneamente com a continuidade do tratamento. As mais comuns: sedação, leve sonolência; raramente distúrbios digestivos (náuseas5, vômito6, constipação7, aumento de apetite); discreta tontura8 e sequidão bucal. Já foram mencionados alguns casos de ganho de peso.


Posologia e modo de usar - ASMALERGIN

Adultos: Um comprimido (1 mg de cetotifeno) duas vezes ao dia (12 em 12 horas), às refeições. A posologia pode ser aumentada para até dois comprimidos duas vezes ao dia. Crianças acima de 3 anos de idade: 5 ml do xarope ou um comprimido (equivalentes a 1 mg de cetotifeno) duas vezes ao dia (a cada 12 horas), às refeições. A posologia deverá ser ajustada de acordo com a resposta terapêutica, podendo ser necessária dose mais elevada (relação mg de cetotifeno/kg de peso corpóreo) do que a empregada para adultos. Crianças de 6 meses a 3 anos: 2,5 ml do xarope (0,5 mg de cetotifeno) duas vezes ao dia (12 em 12 horas), às refeições.


Superdosagem - ASMALERGIN

Os sintomas9 de intoxicação aguda pela ingestão acidental de doses muito elevadas são: sedação, sonolência até sono profundo; confusão mental; taquicardia10 e hipotensão11; convulsões; hiperexcitabilidade e coma12 reversível. O tratamento deverá ser sintomático, podendo ser considerada a conduta geral utilizada para intoxicação aguda com antihistamínicos. Sugere- se: esvaziamento do estômago13 por aspiração e lavagem. O uso de substâncias eméticas pode ser tentado com pacientes alerta e sem sintomas9 de intoxicação. O emprego de purgativos14 não é de grande utilidade, considerando a rápida absorção do fármaco. Monitorização dos sistemas cardiovascular respiratório. Em caso de hiperexcitabilidade ou convulsões, poderão ser administrados benzodiazepínicos.

Venda Sob Prescrição Médica.


MERCK S.A. Indústrias Químicas.




ASMALERGIN - Laboratório

Nenhum comentário:

Postar um comentário